quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Memórias e paladares

Os cheiros... os cheiros estão presentes nas minhas memorias de criança.
Um perfume, lembra-me a professora da primaria. Brincadeiras, jogos, correrias.
Um creme, lembra-me os dias de praia. Os mergulhos, os barulhos, os gelados.
Terra molhada da primeira chuvada, tem cheiro de escola, de preparação para o natal.
Compota de abóbora, lembra o frio, o sossego, a inocência, o conforto do lar.



De cada vez que fazemos (eu, a minha mãe e agora a minha filha mais velha) compota de abóbora, por momentos, volto aqueles dias de outono, volto a ser criança, a não ter deveres e afazeres, sinto a leveza de ser criança. Quando regresso, sinto-me feliz por ter estas recordações e por passa-las às minhas filhas, apesar de elas não perceberem hoje, o presente que estão a receber.
É por isso, e pelo processo de fabrico ser muito familiar, calmo e sem pressas que fazer compotas é um momento regenerador. Restabelece energias.

Na marmelada (branca) as recordações são outras. Quer seja acompanha por pão de centeio ou por queijo, lembro-me sempre do meu primeiro ano de universidade em Lisboa. Muitos livros estudei a comer marmelada em fatias de pão torrado.



Nessa altura os marmelos eram comprados ou oferecidos por algum conhecido, hoje tenho o luxo de os produzir eu, de os escolher e apanhar. Como não uso químicos, nem adubos, acho que a marmelada sabe-me ainda melhor. Vai um colherada?

4 comentários:

Horticasa hoticasa disse...

bem vinda de volta!
também fiz marmelada dos meus marmelos e hoje fiz o doce de tomate... tem razão os cheiros desta época fazem-nos voltar no tempo, a mim faz lembrar as descamizadas (desfolhadas), a volta à escola, os figos...
Tantas coisas, beijinho, eugénia

Rui Esteves disse...

Já que vou fazer um comentário vou o fazer para as duas! Ana e Eugénia,
É sempre bom ver que continuam ligadas à terra e os meus votos é de muita saúde para cultivarem.

Beijinhos

Ana Mourão disse...

Olá Rui,

Obrigada pela visita. Ainda continua ligado à terra? Tem alguma novidade, experiência para partilhar connosco?
Vá aparecendo.

Olá Eugénia

Teve muitos marmelos? e outras frutas? Por estes lados foi um mau ano de fruta. Eu apesar de ter tido muitos marmelos, não houve muita abundância destes e de outras frutas.

Boas colheitas

Ana

Rui Esteves disse...

Olá Ana,

Continuo sim com a minha horta caseira mais um pomar que criei com 160 arvores de fruto entre as quais tenho semi-tropicais como Macadamia,Zapote Branco, Goiaba,Uvais,Acerola,Feijoa,Araça,Paw-paw,Morus Niegra, Morus Branca,etc nas nacional tenho quase tudo mas como o pomar ainda é muito jovem ainda só algumas árvores estão a produzir.

Beijinhos