quarta-feira, 19 de outubro de 2011

No pomar - Outubro

  • Estrumação do pomar.
  • Apanhar as romãs (e fazer geleia).
  • Recolher a rega, limpar caldeiras.
  • Iniciar a plantação de fruteiras.
  • Pulverizar os citrinos ou fruteiras de espinho com caldas cúpricas ou oleosas, conforme as pragas.
  • Aplicar, após a queda das folhas, calda bordalesa nos pessegueiros.
  • Iniciar as podas.
  • Preparar terreno para semear nas entrelinhas o adubo verde, sem estragar as raízes das árvores
  • Preparar tudo para iniciar a estacaria de  marmeleiros, figueiras e framboesas

Isto se chovesse. Comecei hoje as podas, o resto está tudo atrasado. O poço está quase seco (só consigo tirar água dia sim, dia não). Alguém conhece uma dança para chamar a chuva?

3 comentários:

horticasa disse...

Qual é?... Qual é?... eu danço, eu danço, eu nem tenho ido ao quintal para não sofrer, longe da vista longe do coração...
Ando irritadiça, chateada, stressada, a chuva faz-me tanta falta...
bjs eugénia

Dama das Camélias disse...

Ahahah, isso por aqui acho que não resulta, mas podes sempre tentar falar como os Índios.

Ainda não foi este ano que a minha triste romanzeira deu frutos...

Bruno Órfão disse...

Ora aí a tens :) e muita:)