quinta-feira, 9 de junho de 2011

Mosca do Mediterrâneo (Ceratitis capitata)

    Uma rinite alérgica (entenda-se: nariz entupido) é a altura certa para montar as armadilhas para a Mosca do Mediterrâneo. O bendito do produto tem um cheiro desagradável. Uso armadilha tipo “Olipe”: garrafa de plástico transparente meio cheias de atractivo. Ou então armadilhas próprias, amarelas, muito frágeis e caras (não valem a pena...).

(funcionam melhor que as garrafas mas são muito frágeis)

    Como atractivo usei um produto à base de ureia, mas para a próxima vou comprar fosfato diamónico (50g/L) que é o aconselhado para a AB. A ideia é atrair as moscas fêmeas para a garrafa com o mau cheiro e depois elas não conseguem sair e acabam por morrer "afogadas" no liquido. Quantas mais capturar, menos picam os meus frutos.

Deviam ser garrafas de 1,5 l, mas usei o que tinha. A garrafa tem no cima 3 ou 4 furinhos, para a mosca entrar, fiz os furos com uma tesoura, o que deixa umas "barbas" para dentro dificultando a saída.

Algumas notas:
  • No produto que usei, terei de repetir o enchimento em 2 semanas
  • Pôr a armadilha no centro da árvore (para o cheiro se espalhar por toda a copa)
  • 10 ou 20 armadilhas por ha, pus mais mas não abusei, principalmente nos limites, ou corro o risco de atrair as moscas dos vizinhos
  • A poda deve estar feita, e bem feita para este efeito (árvore limpa no meio, bem arejada) ou as moscas cansam-se de procurar o cheiro e vão descansar numa laranjinha muito gostosa.

Exemplo do que não se deve fazer, a poda está incompleta, mas como os ramos que seriam para cortar estão cheios de figos, fui proibida pela família de os cortar. O vicio é tanto que não se importam de  compartilhar os figos.

Neste caso a poda está feita, a árvore bem arejada.

    Atenção: sou novata nestas coisas da AB, se encontrarem algum erro, por favor corrijam. Recolho as minhas informações nas conversas que vou tendo com pessoas mais intendidas, complemento com bibliografia (infelizmente nem toda a gente fornece toda a informação).

3 comentários:

horticasa disse...

Bom dia Ana
Ureia?? xixi?? estou enganada ou é a mesma coisa??
Muito bom, assim não preciso comprar nada.
Confirme se faz favor, vou fazer...
beijinho eugénia

Ana Mourão disse...

Pera lá...
Aquilo tem ureia, mas tem outras coisas. A ureia é um composto que é usado como fertilizante porque tem muito azoto. Nos humanos é excretada pela urina e pelo suor. Mas acho que a ideia geral é basicamente a mesma, tem um cheiro atrativo para as moscas (e desagradavel para nós). Vou experimentar um outro produto, Fosfato de diamonio, que tambem é um fertilizante (tambem com muito azoto), até é relativamente barato: 2,35€/kg, na cooperativa cá da terra. Também este cheira mal...

Borges da Cunha disse...

Eu uso a água da demolha do bacalhau. É uma enchente mas a fruta aparece sempre furada. Penso que seria bom tentarem, os especialistas, captá-las e dar-lhe tratamento para que não fertilizem a fêmea, como já fizeram com outras espécies.
A fruta que nos chega sem um único furo deve ter sido super bombardiada com químicos. O que nós comemos!
Poluimos a terra com os químicos cuja venda interessa às grandes multinacionais.