terça-feira, 31 de maio de 2011

Do sonho à acção

    Ontem fui ao Ministério da Agricultura saber informações sobre AB, apoios...
    Fiquei bem informada, a Srª era bastante prática, mas apenas sobre os apoios. Sobre a AB não sabem nada, isso tem de ser com o GPP. Sai de lá com ideia de que consigo juntar o "Apoio à instalação de jovens agricultores" com a agricultura biológica, também fiquei com a ideia que isto de simples não tem nada. Para nos candidatar-mos precisamos de ter no mínimo o 9º ano, mas garanto que com o 9º ano não conseguia preencher os formulários, mesmo com toda a experiência possível. A alternativa é contratar alguém para fazer esse serviço. vejam só estas expressões:
    "Imparidade de investimentos não depreciáveis/amortizáveis (perdas/reversões)"
    "Free cash-flow acumulado liquido de investimento"...
   
    São expressões giras, que para mim não sendo totalmente desconhecidas (fazem-me lembrar os exames de contabilidade), mas que me fazem duvidar da minha capacidade de preencher estes formulários.
   Fico a pensar quantas boas ideias esbarraram nestas expressões e por ali ficaram.
   Será que vou ultrapassa-las?
Hoje o termo burocracia ganhou um novo significado. Hoje fiquei a respeitar mais os desempregados que tiveram boas ideias mas não conseguiram superar a montanha burocrática.

Pensava eu que o mais difícil era vender os meus produtos. Enfim, haja forças...

3 comentários:

Kastanon disse...

Em poucas palavras disse tudo... imagine-se o produtor médio do interior com uma escolaridade reduzida? Só mesmo pagando (???) a uma empresa que apresente o projecto em seu nome.

horticasa disse...

É a maneira que o poder tem de só dar apoios aos amigos e aos amigos dos amigos...
Nem digo mais nada porque nós os menos favorecidos somos mesmo isso, menos favorecidos...
bj
eugénia

by Deva disse...

e haja paciência para o sistema burocrático!